Crítica: Erin Brockovich

Erin Brockovich – Uma mulher de talento

No For the weekend da semana passada eu recomendei 2 filmes em que suas história são baseadas em fatos reais. Por coincidência eu resolvi reassistir no final de semana o Erin Brockovich, que também tem seu enredo com fatores verídicos.

O filme narra a história de Erin Brockovich (JULIA ROBERTS), uma mulher divorciada, com 3 filhos pequenos e desempregada. Sua vida era muito difícil até o dia em que ela conhece Ed Masry (ALBERT FINNEY), um advogado que tenta a ajudar em um processo devido ao um acidente de trânsito que ela sofre. Ao perder o processo, Erin vai ao seu escritório e exige um emprego. Ele acaba aceitando, e a coloca para arrumar processos. É aí então que ela se envolve em um caso que pareceria ser apenas sobre venda de imóveis, mas que na verdade engloba uma grande indústria e a saúde de famílias que moram ao redor de uma fábrica.

Eu considero este um dos melhores papeís já interpretados pela Julia Roberts. Isso porque é um papel muito emocionante, uma mulher que tem de cuidar de seus filhos sem ajuda alguma. Porém, ela se esforça e tudo de si para conseguir manter sua família inteira, feliz e tentar subir de vida. E é a partir daí que vem a reflexão: uma mulher, sem estudo algum de direito, trabalhando em um pequeno escritório de advocacia ataca uma grande empresa de bilhões de dólares e arranca uma indenização de 333 milhões. O nome já diz tudo: uma mulher de talento. E como.

PS: A trilha sonora, criada por Thomas Newman, é fantástica.

NOTA: 4.0/5.0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s