Welcome to the night of the 83th Oscar

A ‘’83th Academy Awards’’ acontece agora nesse próximo domingo às 22:00 transmitida pela TNT e pela TV Globo. O Oscar talvez seja o evento mais importante para várias pessoas que trabalham com cinema, sejam eles cineastas, editores, compositores, cinegrafistas, atores, etc. E a frase que eles mais querem ouvir nesta noite na mágica terra de Los Angeles é ‘’And the Oscar goes to…” de preferência com seus nomes no final.

Essa será a primeira vez que o “Bastidores” fará um especial sobre este evento importantíssimo para o cinema. Citarei todos os indicados de todas as categorias e os que tiverem os seus nomes em negrito são minhas apostas para o Oscar. Também colocarei no final de cada categoria quem eu gostaria que ganhasse e meu parceiro de blog, Raphael Nogueira, também dará suas indicações. Espero que gostem!

Melhor filme:
– “A Rede Social
“O Discurso do Rei”
– “Cisne Negro
– “O Vencedor
– “A Origem
– “Toy Story 3”
– “Bravura Indômita
– “Minhas Mães e Meu Pai”
– “127 Horas
– “Inverno da Alma”

Matheus: Se “Bravura Indômita” levasse ficaria igualmente satisfeito.

Raphael: Eu acho que “Cisne Negro” ganhará este ano, mas queria que fosse “127 Horas”

Quem ganhou: “O Discurso do Rei” – palpite correto.

Melhor diretor:
David Fincher – “A Rede Social”
– Tom Hooper – “O Discurso do Rei”
– Darren Aronofsky – “Cisne negro”
– Joel e Ethan Coen – “Bravura indômita”
– David O. Russell – “O Vencedor”

Matheus: Se Aranofsky ou Tom Hooper levassem o prêmio, seria esplêndido.

Raphael: Joel e Ethan Coen, com certeza.

Quem ganhou: Tom Hooper surpreende a todos inclusive a mim – chute correto.

Melhor ator:
– Jesse Eisenberg – “A Rede Social”
– Colin Firth – “O Discurso do Rei”
– James Franco – “127 Horas”
– Jeff Bridges – “Bravura indômita”
– Javier Bardem – “Biutiful”

Matheus: Como John Wayne ganhou por seu papel como Cogburn no “Bravura”original, é bem capaz que Bridges leve também.

Raphael: Na categoria masculina, James Franco, sem sombra de dúvida

Quem ganhou: Colin Firth por “O Discurso do Rei” – palpite correto.

Melhor atriz:
– Annette Bening – “Minhas Mães e Meu Pai”
– Natalie Portman – “Cisne negro”
– Nicole Kidman – “Rabbit Hole”
– Michelle Williams – “Blue Valentine”
– Jennifer Lawrence – “Inverno da Alma”

Matheus: Annette Bening também merece o Oscar esse ano.

Raphael: Natalie Portman, eu escolho você!

Quem ganhou: Natalie Portman por “Cisne Negro” – palpite correto

Melhor ator coadjuvante:
– Mark Ruffalo – “Minhas Mães e Meu Pai”
– Geoffrey Rush – “O Discurso do Rei”
– Christian Bale – “O Vencedor”
– Jeremy Renner – “Atração Perigosa”
– John Hawkes – “Inverno da Alma”

Matheus: Geoffrey Rush também tem chances altas de ganhar.

Raphael: Christian Bale.

Quem ganhou: Christian Bale por “O Vencedor” – palpite correto

Melhor atriz coadjuvante:
– Helena Bonham Carter – “O Discurso do Rei”
– Melissa Leo – “O Vencedor”
– Amy Adams – “O Vencedor”
– Hailee Steinfeld – “Bravura indômita”
– Jacki Weaver – “Reino Animal”

Matheus: Se Hailee Steinfield levasse, seria uma surpresa muito boa.

Raphael: Melissa Leo chamou a atenção.

Quem ganhou: Melissa Leo por “O Vencedor” – palpite correto

Melhor roteiro original:
– “Minhas mães e meu pai”
– “O vencedor”
– “A origem”
– “O Discurso do Rei”
– “Another year”

Matheus:  Dessa vez concordo com meu negrito.

Raphael: “A Origem” levará o prêmio.

Quem ganhou: “O Discurso do Rei” de David Seidler – palpite correto

Melhor roteiro adaptado:
– “A Rede Social”
– “127 horas”
– “Bravura indômita”
– “Toy Story 3”
– “Inverno da alma”

Matheus: “Toy Story 3” também merece um destaque.

Raphael: “127 Horas”, parabéns.

Quem ganhou: “A Rede Social” de Aaron Sorkin – palpite correto

Melhor longa-metragem de animação:
– “Como Treinar o Seu Dragão”
– “O Mágico
– “Toy Story 3”

Matheus: Ficaria surpreso se “O Mágico” levasse.

Raphael: A decisão foi difícil, mas eu chutaria “Toy Story 3”.

Quem ganhou: “Toy Story 3” – palpite correto

Melhor direção de arte:
– “Alice no País das Maravilhas”
– “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1
– “A Origem”
– “O Discurso do Rei”
– “Bravura indômita”

Matheus: É bem capaz que “A Origem” tire o Oscar do inglês.

Raphael: “Bravura Indômita”.

Quem ganhou: “Alice no País das Maravilhas”

Melhor fotografia
– “Cisne Negro”
– “A Origem”
– “O Discurso do Rei”
– “A Rede Social”
– “Bravura Indômita”

Matheus: “O Discurso do Rei” e “Cisne Negro” tem altas chances de ganhar.

Raphael: “Cisne Negro”, impressionou.

Quem Ganhou: “A Origem” e novamente Roger Deakins perde seu oscar.

Melhor figurino
– “Alice no País das Maravilhas”
– “I am love”
– “O Discurso do Rei”
– “Bravura Indômita”
– “The Tempest”

Matheus: “Bravura Indômita” também tem chances de ganhar

Raphael: Eu escolheria “Alice no País das Maravilhas”.

Quem ganhou: “Alice no País das Maravilhas” – Raphael acertou

Melhor documentário (longa-metragem)
– “Exit through the gift shop”
– “Gasland”
– “Inside Job”
– “Restrepo”
– “Lixo Extraordinário”

Matheus: “Lixo Extraordinário” seria o primeiro filme brasileiro a levar o Oscar, apesar de ser uma produção binacional.

Raphael: “Lixo Extraordinário”, por falta de opção.

Quem ganhou: “Inside Job” – palpite correto

Melhor documentário (curta-metragem)
– “Killing in the name”
– “Poster girl”
– “Strangers no more”
– “Sun come up”
– “The Warriors of Qiugang”

Matheus: Não assisti nenhum, então não argumentarei.

Raphael: Anne Hathaway, escolhe você vai.

Quem ganhou: “Strangers No More”

Melhor edição
– “Cisne Negro”
– “O Vencedor”
– “O Discurso do Rei”
– “127 horas”
– “A Rede Social”

Matheus: Jon Harris definitivamente merece o Oscar, apesar de ter gostado muito da edição de “O Discurso do Rei” e “Cisne Negro”

Raphael: “127 Horas” pelas brilhantes montagens.

Quem ganhou: “A Rede Social” – um dia Jon Harris ganhará seu reconhecimento.

Melhor filme de língua estrangeira
– “Biutiful”(México)
– “Dogtooth” (Grécia)
– “In a better world” (Dinamarca)
– “Incendies” (Canadá)
– “Outside the law” (Argélia)

Matheus: Concordo com minha aposta, mas “Incendies” é muito bom também.
Raphael: “Biutiful”.

Quem ganhou: “In a Better World”

Melhor trilha sonora original
– “Como treinar seu dragão” –  John Powell
– “A Origem” – Hans Zimmer
– “O Discurso do Rei” – Alexandre Desplat
– “127 horas” – A.R. Rahman
– “A Rede Social” – Trent Reznor e Atticus Ross

Matheus: A.R. Rahman também deveria levar, mas Desplat estava muito inspirado em suas composições. Zimmer seria uma escolha sábia.

Raphael: “O Discurso do Rei” leva.

Quem ganhou: “A Rede Social” de Trent Reznor e Atticus Ross, é o favoritismo dando suas caras.

Melhor canção original
– “Coming Home”, de “Country Strong”
– “I see the light”, de “Enrolados
– “If I rise”, de “127 horas”
– “We belong together”, de “Toy Story 3”

Matheus: é impossível não ficar animado com “We Belong Together” que levará com certeza, mas “I See the Light” é muito boa também.

Raphael: Weeee belooonnng togetheeeerrrr

Quem ganhou: “We Belong Together” de Randy Newman – palpite correto.

Melhor curta-metragem
– “The Confession”
– “The Crush”
– “God of love”
– “Na Wewe”
– “Wish 143”

Matheus: não assisti nenhum curta indicado ao Oscar esse ano, mas se quiserem conferir um bem legal, basta acessar o Vodpod ao lado e assistir “Oliver”, curta protagonizado por mim.

Raphael: Idem.

Quem ganhou: “God of Love”

Melhor curta-metragem de animação
– “Day & Night”
– “The gruffalo”
– “Let’s pollute”
– “The lost thing”
– “Madagascar, carnet de voyage”

Matheus: concordo com minha aposta.

Raphael: “ Let’s Pollute”, na minha opinião.

Quem ganhou: “The Lost Thing”

Melhor edição de som
– “A Origem
– “Toy Story 3”
– “Tron: o legado
– “Bravura Indômita”
– “Incontrolável”

Matheus: “A Origem” é favorito na categoria.

Raphael: “Tron: O Legado”, a edição é muito boa.

Quem ganhou: “A Origem” – palpite correto

Melhor mixagem de som
– “A Origem”
– “O Discurso do Rei”
– “Salt”
– “A Rede Social”
– “Bravura Indômita”

Matheus: “O Discurso do Rei” também pode levar, assim como “Bravura”

Raphael: “O Discurso do Rei”, principalmente pela mixagem do microfone.

Quem ganhou: “A Origem” – palpite correto

Melhores efeitos visuais
– “Alice no País das Maravilhas”
– Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1″
– “Além da vida
– “A Origem”
– “O Homem de Ferro 2”

Matheus: Será triste ver “Além da Vida” perder.

Raphael: “A Origem” provavelmente ganhará, mas “Além da Vida” não está longe.

Quem ganhou: “A Origem” – palpite correto

Melhor maquiagem
– “Minha versão para o amor”
– “Caminho da liberdade”
– “O Lobisomem”

Matheus: não tem nem discussão sobre isso.

Raphael: “O Lobisomem”, sempre.

Quem ganhou: “O Lobisomem” – palpite correto

Total: 14 palpites corretos e 2 chutes corretos.

Desde a edição do Oscar de 1995, os filmes nunca foram tão concorridos – naquele ano “Forrest Gump”, “Pulp Fiction” e “As Loucuras de Rei George” estavam concorrendo  a melhor filme. Espero que comentem e deixem suas impressões sobre a minha lista. As críticas existentes dos filmes indicados estão lincadas na primeira vez que eles aparecem na lista, confiram! Ah, e não percam a cerimônia do Oscar, amanhã, “só na TNT”.

Anúncios
Publicado em Especiais por Matheus Fragata. Marque Link Permanente.

Sobre Matheus Fragata

Formado em cinema pela UFSCar seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas. Tenho sonhos em 4K, coloridos e em preto e branco. Sempre me emociono com as histórias contadas por esta arte. Agora busco a oportunidade de emocionar alguém com as que tenho para contar

20 respostas em “Welcome to the night of the 83th Oscar

  1. Boa lista, mas acho que O Discurso do Rei não deve ganhar figurino e direção de arte. Gostei das escolhas pessoais, bem convincentes. E você vai assitir e comentar depois também? Isso seria legal também. Abraços.

    Curtir

  2. Quero que “Bravura Indômita” leve direção de arte.
    Achei que você quisesse “Como treinar o seu dragão” pra longa de animação. Eu ficaria surpresa se esse ou “O mágico” ganhassem, “Toy story” rules haha.

    Natalie Portman, também escolho você ! IAUHEIUHS

    Curtir

  3. Incrível o blog, Matheus!
    Vi a maioria dos filmes deste ano. Estou curiosa com o resultado, afinal as vezes, o pessoal do Oscar surta e escolhe uns filmes muito pouco inteligentes.

    Quando vamos atuar juntos?

    Beijos

    Curtir

  4. Nossas apostam coincidem em muitas categorias (será assim tão previsível? Na verdade, acho que várias categorias não estão fechadas; duas ou três apenas.) Achei curioso você defender as vitórias de O DISCURSO DO REI, que eu ainda não vi, já que é bem comum de se ver gente desmerecendo suas indicações ao prêmio. Em tempo: isso aumenta minha expectativa com o filme. Também deixei minhas apostas lá no Observatório. ;)

    Curtir

  5. Bacana a iniciativa de fazer um especial sobre o Oscar. Vou ficar de olho para conferir se as suas apostas foram mesmo boas! Não vi a maioria dos filmes e assim fica difícil deixar uma ‘impressao’ sobre a lista dos indicados. Com certeza ‘ The Oscar goes to… Natalie Portman’. De todo modo, parabéns aos parceiros do blog/e de todo dia!

    Curtir

  6. Com exceção de Lobisomen para melhor maquiagem (???) e do Oscar de Melhor Diretor para Hooper inves de Fincher, tava tudo meio previsivel né? rs

    Abs!

    Curtir

    • O Oscar deste ano estava bem prevísivel mesmo – mais do que o do ano passado. Mas acho que a categoria de melhor filme estava bem disputada.
      Queria ter visto a cara do Fincher na hora da derrota, coitado.

      Curtir

  7. queria q CISNE NEGRO tivesse ganhado o Oscar, não gostei muito de O DISCURSO DO REI pq, além d ter várias falhas históricas, o filme é meio entediante.
    Não sei nem pq 127 HORAS tava concorrendo ao Oscar, achei muito ruim, sem emoçao…o filme não emociona a gnt, ñ deixa a gnt com dó do cara, deixa só com nojo. E faltou silêncio no filme, pq a pior parte de ficar sozinho é o silêncio e nao teve isso no filme.
    Pra mim CISNE NEGRO é um filme genial, q usa o balé como uma representação pra cobrança do mundo do trabalho dos dias de hoje e como isso altera a vida das pessoas. A mãe representava algo opressor, que não deixava a filha fazer o que queria, não deixava a filha falhar.
    acho q eu sou meio do contra, nunca gosto dos filmes q ganharam o Oscar.

    Curtir

    • Cisne Negro nunca ganharia o Oscar por ser violento. Se quiser que um filme violento ganhe o Oscar, é preciso ter um fundo patriótico no meio – Guerra ao Terror é o melhor exemplo disto.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s